Carretas estacionadas em vias públicas deixa moradores indignados em Baixo Guandu-ES.

Os moradores do município de Baixo Guandu, cidade do interior que fica na região Noroeste do Espírito Santo, estão indignados com uma situação que vem causando muitos transtornos no dia a dia deles.

O problema é que vários motoristas de carretas do município estão usando as vias públicas, na frente da fachada de suas residências, igrejas, posto de saúde, como estacionamento.

Nossa reportagem foi procurada por alguns moradores que nos relataram alguns tipos de problemas que passaram a ter depois que essas carretas começaram a ficar estacionadas na frente de suas casas.

Uma moradora que não será identificada, disse que as carretas passam dias e noites estacionadas na rua, carregadas com blocos de granito ou outras cargas com lonas, como são grandes, escondem completamente as suas casas, trazendo perigo e desconforto, além da falta de privacidade.

Segundo ela, a sua residência já foi alvo de ladrões que se aproveitaram de uma enorme carreta que tapava toda a lateral de sua casa, pularam o muro e roubaram objetos e roupas em seu quintal.

Um outro morador alertou para um grave problema relacionado ao dano patrimonial, pelo fato do calçamento apresentar em alguns trechos dessas vias danos em sua estrutura, o calçamento está afundando.

Uma senhora está apavorada e não tem paz nem para ir a igreja, segundo ela um dia ao voltar de um culto, deparou com um elemento urinando no muro ao lado de sua casa, aproveitando a cobertura dada por uma carreta. Ao reclamar com o homem, o mesmo mostrou o órgão genital para a ela.

Alguns membros de duas igrejas que ficam nas imediações também reclamam da situação, além de fechar a entrada e a frente dos templos, as carretas impedem o estacionamento dos fiéis nos dias de culto.

Nem mesmo a frente de uma grande unidade de saúde municipal é respeitada, impedindo o estacionamento de quem precisa ser atendido. Às vezes essas carretas ficam paradas por dias aguardando para viajarem.

Os moradores afirmaram que tem um carroceria estacionada desde o final do ano passado. Outro problema é que em dia de festas ou nas quintas feiras quando acontece a feira municipal, as carretas servem de esconderijo para bandidos, prostituição e consumo de drogas.

Conversamos com um representante da comissão que está atualizando o Código de Postura do Município, o Sr. Juscelino Brzesck, indicado pelos movimentos populares, que nos disse que no mês que vem será feito uma Audiência Pública sobre a reformulação do Código de Postura municipal.“Possivelmente em março o novo Código estará em vigor, e uma das cláusulas do novo Código vai proibir veículos estacionados por mais de um dia nas vias públicas, sujeito a multas e guincho”, disse Juscelino.

Veja abaixo dois vídeos e fotos mostrando a situação das carretas:

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com