Bilionário dos diamantes morre durante cirurgia de aumento peniano. Veja aqui!

Morreu no último final de semana, em Paris, na França, o empresário Ehud Arye Laniado, de 65 anos, proprietário da empresa Omega Diamonds. Foi durante uma cirurgia de aumento peniano.

De acordo com informações, o procedimento cirúrgico foi realizado em uma clínica particular em Paris, o empresário sofreu um ataque cardíaco na mesa de cirurgia, depois que uma substância foi injetada em seu pênis.

Considerado um expert na avaliação de diamantes, Ehud iniicou a sua carreira na África, com pouco mais de vinte anos. Em 2015, ele vendeu um dos diamantes mais caros da história, conhecido como Blue Moon, por US$ 48,4 milhões (cerca de R$ 193,6 milhões).

Conhecido por “se preocupar muito com as aparências”, segundo amigos que não quiseram se identificar, o empresário mantinha uma cobertura avaliada em R$ 150 milhões em Mônaco onde armava festas rodeado de celebridades e modelos.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias internacional.