Escola Municipal de Baixo Guandu-ES vence Concurso realizado pela Defensoria Pública da União.

Baixo Guandu galgou mais um passo rumo à uma educação de qualidade: no último dia 29 de março, a aluna Eduarda Barbosa Neves e a professora de Língua Portuguesa Camila Souza Neris, da escola “Presidente Kennedy”, receberam na Defensoria Pública da União (DPU) de Vitória, a premiação por terem alcançado o primeiro lugar no Estado do Espírito Santo no quarto concurso de redação do órgão.

O concurso é realizado todos anos pela DPU e é destinado aos alunos do ensino fundamental e médio, incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA), assim como aos adolescentes que estão cumprindo medida socioeducativa de internação e aos adultos em situação de privação de liberdade em instituições estaduais, desde que devidamente matriculados em escola da rede pública ou de ensino técnico do país, bem como a todos os internos das penitenciárias federais.

Os alunos, sob a orientação de seus/suas professor/as de Língua Portuguesa,  desenvolvem o tema e elaboram a redação, que visa aprimorar os estudantes em vários aspectos, tanto na escrita como na leitura. O tema do concurso mobiliza a escola, que é levada a realizar atividades que abordem o assunto. O tema do ano de 2018: “Promoção dos direitos humanos e garantia do acesso à Justiça” fez uma homenagem aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, buscando propiciar debates e reflexões acerca da importância dos direitos humanos e também do acesso à Justiça na concretização destes direitos.

Assim, a EMEIEF “Presidente Kennedy” promoveu para todos os alunos palestras ministradas pelo cabo Kalebe Oliveira e os advogados Murilo Diniz e Mateus Aprígio, além de oficinas em sala de aula sobre o assunto estudado.

A professora de Língua Portuguesa trabalhou incansavelmente os textos sobre o tema do concurso e realizou diversas produções textuais sobre o conteúdo com o propósito de despertar nos participantes o interesse pelos temas e possibilitar aos inscritos revelar suas experiências e expectativas com relação aos serviços prestados pela Defensoria Pública da União.

No final, todas as escolas que participam do concurso escolhem quatro redações, que são enviadas à sede da DPU do Estado com a finalidade de representar a Instituição. Na sede da DPU é escolhida a redação que irá representar o Espírito Santo em nível nacional. A redação da aluna Eduarda Barbosa Neves foi selecionada entre as 6.622 redações enviadas.

Dessa forma, Baixo Guandu e a Secretaria Municipal de Educação estão radiantes de alegria por estarem diretamente envolvidos nessa conquista.

Parabenizamos toda a comunidade escolar e, especialmente toda a equipe da escola “Presidente Kennedy” pelo belíssimo trabalho realizado. Desejamos que os envolvidos com a educação de Baixo Guandu continuem lutando para que a mesma promova a dignidade e a liberdade do homem.

A aluna vencedora do concurso foi premiada com um tablet, certificado e medalha, e a professora recebeu também certificado e medalha.

Fotos: SECOM/PMBG.


Fonte: SECOM/PMBG.