Hackers roubam 1,7 milhão de contas bancárias da prefeitura de Dores do Rio Preto-ES. Confira!

A prefeitura do município de dores do Rio Preto, na região do Caparaó, no Sul do Espírito Santo, teve suas contas do sistema Banestes, invadidas por Hackers (criminosos virtuais), que conseguiram desviar R$ 1,7 milhões.

O prefeito Cleudenir José de Carvalho Neto, o “Ninho”, falou que as invasões nas contas que a prefeitura tem no Banestes, ocorreram na última terça-feira (10) e as transferências bancárias começaram no período da tarde e da noite, somando o montante de R$ 1.693 milhão.

 Cleudenir disse “Fomos pegos de surpresa com essas transferências feitas por hackers. De imediato procuramos o gerente do Banestes, mas eles não nos dão um posicionamento sobre o assunto, apenas dizem que estão rastreando as contas. Eu exijo uma satisfação, é o dinheiro do povo que foi desviado”.

A prefeitura informou que a folha de pagamento de pessoal e o pagamento aos fornecedores será prejudicado temporariamente, até que o dinheiro desviado das contas do Banestes seja devolvido pela instituição bancária que pertence ao Governo do Espírito Santo.

Ninho revelou que a Prefeitura de Apiacá também teve dinheiro desviado do Banestes, mas o prefeito Fabrício Thebaldi preferiu não se manifestar sobre o assunto no momento.

Em nota, o Banestes informou que o mercado financeiro é alvo constante de ataques cibernéticos, como demonstram os números divulgados pela Febraban – Federação Brasileira de Bancos e que a instituição investe em segurança continuamente, visando responder os ataques de forma rápida e eficaz.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *