Nova Direção: Fabio Bastianelle é o novo Diretor Geral do Hospital HJSN de Baixo Guandu-ES.

O hospital Estadual João dos Santos Neves – HJSN, que fica no município de Baixo Guandu, cidade localizada na região Noroeste do Espírito Santo, desde o dia 11 de março, tem um novo Diretor Geral

Foto: Jornal A Tribuna do Vale.20190327_120402

Fabio Bastianelle é o novo Diretor Geral do HJSN.

O novo Diretor Geral é Fábio Bastianelle da Silva, que vem do município de Barra de São Francisco, formado em Administração e com formação MBA Executivo em Saúde pela Fundação Getúlio Vargas, já foi Diretor do HJSN, quando esteve a frente do hospital no período de 2010 a 2013.

Nossa reportagem conversou com o novo Diretor para conhecer as suas ideias e propostas para a saúde do município de Baixo Guandu, que é alvo de muitas críticas e reclamações, por parte da sociedade.

Fábio disse que na época que assumiu o hospital, (2010 – 2013), ele não tinha um perfil cirúrgico, realizava apenas cirurgias básicas e partos, ele juntamente com toda a equipe de trabalho na época, conseguiu mudar esse perfil, fazendo com que o hospital passasse a realizar inúmeros tipos de cirurgias, tais como: Vasectomia, Colecistectomia, Postectomia, Hérnias, Laqueaduras, Curetagens, Histerectomias, além de intensificar o números de partos normais e cessarias, alcançando naquele período um considerável aumento no número de procedimentos.

O Diretor falou que assume esse novo desafio de sua vida, contanto com a colaboração de todos, fazendo referência a médicos, enfermeiros, gerentes e demais funcionários, vamos fazer o HJSN voltar a ser um hospital referência para a região. 

Medidas

Segundo Fábio, medidas no sentido de otimizar e prestar um melhor atendimento, serão tomadas já de início. Entre algumas medidas, ele citou que vai adequar a escala e os turnos dos médicos, para que o hospital possa atender melhor a população.

Outra medida, será fazer a maternidade funcionar em tempo integral, com equipe completa (Obstetras, pediatras, anestesista), e atender não só os Guanduenses, mas sim os municípios de Itarana, Itaguaçu, Laranja da Terra e Pancas. Outra medida a ser implementada, será a criação de leitos de retaguarda para Hospital Silvio Avidos, nas situações de urgência e emergência e leitos de clínica médica.

“O HJSN por ser uma Hospital da rede estadual, todos os serviços aqui implantados, também serão disponibilizados a todos os municípios que fazem parte da Região Central do Estado, isso é muito importante não só para o município de Baixo Guandu, mas para toda a região, haja vista que em vez dos pacientes terem que procurarem por serviços de saúde na Grande Vitoria, os mesmos poderão ser realizados aqui. A partir do momento que o hospital estiver funcionando na sua plenitude, justifica-se buscar junto ao Estado a abertura de novos serviços, melhorando ainda mais a capacidade resolutiva do hospital”, ressaltou o Diretor. 

Pronto Socorro

O atendimento no Pronto Socorro também receberá uma atenção especial da nova Direção. Embora o P S é para atender urgência e emergência, muitas pessoas não procuram os postos de saúde, e querem receber atendimento ambulatorial no P S. 

Para esse setor está se pensando implantar o Acolhimento com Classificação de Risco (triagem) para identificar e direcionar o atendimento, ficando no Pronto Socorro somente os casos que realmente necessitem de atendimento de Urgência e Emergência, evitando assim uma superlotação no atendimento, e reduzindo o tempo de atendimento nos casos mais urgentes. Para isso, precisa contratar profissional e qualificar a equipe para realizar o atendimento e atendimento diferenciado.

Mais especialidades

Fábio disse que resgatará o processo para implantar as Cooperativas de Ortopedia, Cirurgia Geral e Anestesia no HJSN, por entender que com a contratação dessas equipes, o hospital poderá elevar ainda mais sua capacidade de resolutiva, evitando assim transferirmos inúmeros pacientes para o Hospital Silvio Avidos em Colatina. Também buscaremos junto a Secretaria de Estado da Saúde, a contratação de mais profissionais em outras especialidades mais carentes para Baixo Guandu e região.

Considerações Finais

O diretor no final da entrevista, disse que está à disposição da população, para buscar atender da melhor forma possível, todas as demandas da área de saúde do município no que se refere a atenção hospitalar. Disse que sua sala esta aberta a toda a população, para receber não somente reclamações e críticas, mas também para ouvir sugestões. E que vai ser um prazer recebe-los, e com a colaboração de todos podemos tornar o HJSN numa referência na região no que se refere a atenção hospitalar. Agradeceu ainda o acolhimento que teve de todos os funcionários do hospital, e que vai se dedicar ao máximo para atender os anseios não só dos colaboradores do hospital, mas também de toda a população Guanduense.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias.

Compartilhar: