Morador é condenado a pagar indenização por chamar político de “verme”.

O fato aconteceu em um município do Norte do Espírito Santo, um morador foi condenado a indenizar um político, após ter utilizado as redes sociais para ofendê-lo.

O valor estabelecido pela justiça para que o eleitor indenize o político foi de R$ 1 mil. Em uma das publicações, o acusado chama os políticos de “vermes” e “endemoniados”. A cidade onde o caso aconteceu não foi divulgada pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJES).

Além do pagamento da indenização por danos morais, o eleitor foi condenado a cinco meses e dez dias de detenção, em regime inicial de cumprimento de pena aberto, e pagamento de dez dias-multa, cada um equivalente a 1/30 do salário-mínimo vigente à época do fato delituoso.

De acordo com o TJES, o político alegou ter sofrido com comentários injuriosos, difamatórios e até caluniosos em rede social feitos pelo morador, que estaria insatisfeito com o resultado das eleições municipais. Por essa razão, o autor da ação pediu a condenação do acusado pelos crimes de calúnia, difamação e injúria.

Após a análise da denúncia, o magistrado julgou parcialmente procedente a queixa-crime, para condenar o eleitor pela prática dos crimes de difamação e injúria, e absolvê-lo da imputação do crime de calúnia.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *