Bancos negociam dívida no WhatsApp com desconto

Entrar em contato com o banco para renegociar dívidas pode ser uma saída para os consumidores que estão no vermelho. Para facilitar a vida dos clientes endividados, diversas instituições bancárias já oferecem as negociações de forma on-line, pelas redes sociais e até mesmo pelo aplicativo de troca de mensagens WhatsApp.

Os descontos variam de acordo com a instituição financeira, a situação do contrato e o tipo de operação. Com atendimento pelo WhatsApp, a Caixa Econômica Federal oferece descontos que podem chegar a 90% nos casos de pagamento da dívida à vista.

Para realizar a renegociação das dívidas pelo celular, é preciso adicionar o número 0800 726 8068, na lista de contatos, e enviar uma mensagem inicial. Em seguida, é preciso informar o CPF do titular da dívida e iniciar a negociação. É possível até solicitar o envio de boletos em formas de arquivos digitais, pelo mensageiro.

O atendimento pelo aplicativo é realizado de segunda à sexta-feira, das 8 às 20 horas, e no sábado, das 10 às 15 horas. Pelo aplicativo, são oferecidas várias opções de renegociação aos clientes com débitos em atraso há mais de 360 dias.

Também pelo WhatsApp, o Banco do Brasil oferece atendimento pelo número 61 4004 0001, pelo qual o cliente pode renegociar as dívidas atrasadas e também emitir a segunda via do boleto de acordos referentes a débitos em atraso.

Segundo o advogado especialista em Direito do Consumidor Luiz Felippe Souza, negociar uma dívida sempre é uma opção vantajosa.

“No entanto, é preciso atenção, buscando saber a origem da dívida, o valor original dela, qual é o valor atual, os descontos oferecidos e quais são as formas de realizar o pagamento, para que tudo seja feito na maior clareza possível”, explicou.

A advogada Luiza Simões, da Pinto & Modenesi Advogados, alerta que é vantajoso renegociar uma dívida pelo WhatsApp quando não é uma pendência de alto valor. “Quanto maior o valor, mais importante ela é, mais séria. Então, estar cara a cara é primordial quando se tratam de valores mais altos, para o cliente se sentir mais seguro”, orienta.

Por Kayque Fabiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *